18 setembro 2008

O meu gato preto

Perdi o meu gato. O meu gato preto de pelo grande e cauda de raposa. Saltou da janela e não voltei a encontrá-lo mais em lado nenhum. O meu gato era o último sobrevivente de vários gatos que fui tendo ao longo da vida. Uns desaparecidos por doença, outros também perdidos nas ruas por serem mais aventureiros mas todos eles por uma razão comum. Por lhes ter sempre dado a liberdade de escolha de poderem ficar ou partir. Não faço ideia se esta é a melhor forma de ter gatos e nem sequer me parece muito poética agora que perdi o meu e que sinto saudades dele e sabendo que ele não vai poder sobreviver muito tempo sem a minha ajuda. Não sei se hei-de ficar triste por mim ou por ele. Não sei que forma de egoísmo é este.

5 comentários:

dizia ela baixinho disse...

oooooooooooooh... :(

era aquele com os dentes de vampiro?

:(

não é egoísmo, é tristeza mesmo.

um beijo, querida oito.

choco disse...

mosss..o gato ta memo aí á porta mó!!!!!!ve la bem...
spotdoxoco

lili-gata disse...

eu sou criada em casa e minha humana não me deixa sair pra rua. eu sou feliz assim. dentro de casa, eu me sinto mais segura e tenho tudo de que preciso, principalmente amor!

não se sinta culpada. todos os seus gatos sabem que você deu muito amor para eles. quem sabe um dia apareçam novamente!

Anónimo disse...

o meu gato preto não vem a casa desde sexta feira.

um dos nomes que eu lhe chamava era favolas.

não sei ainda bem o que sentir

Anita

Anita disse...

cara oito!

o meu gato preto entretanto apareceu.
magro a cheirar a vinhas e todo carente.

não sei porque que te escrevo a contar isto...........
talvez porque acho que os milagres acontecem.

um grande abraço de solidariedade em relação ao sentimento de abandono provocado pelos gatos que tanto amamos e ás vezes nos fazem sofrer(não refiro outros seres porque o este tipo sentimento é bastante especifico)

e o desejo sincero que a tua história tenha um final feliz como a minha

mais um abraço
Anita