04 novembro 2009

Paladar

Gosto de ti.
Mas conheci uma pessoa que diz que gosta de mim.
Que me pisca o olho, que diz que sou bonita e inteligente, que me escreve com saudades, que sente falta da minha alegria, assim, simplesmente, como tu fazias há muito tempo atrás.
Que me fala da vida dele, dos seus receios e vitórias, do seu presente e passado. Que me conta os livros que leu e os autores que aprecia e odeia, os concertos ou espectáculos a que foi ou pensa ir, os eventos em que esteve presente e as exposições que visitou. Eu sorrio e aceno com a cabeça, consciente que já não sei falar de coisas que deixei para trás há muito tempo.
Que me diz que basta eu dar o sinal.
Quero ficar contigo, mas hoje vou prová-lo e ver a que é que ele sabe.

12 comentários:

Leo Mandoki, Jr. disse...

good night and good luck

Sophia disse...

ui... Isso não costuma dar bom resultado...

sete e picos disse...

é láá... gostei muito do final, cresceu-me água na boca :)

unkedsh- acho que significa delicioso em cazaquistanes

não resistiu ao wiski disse...

Cara oito
sei exactamente qual é esta sensação!!

espero que tenhas desfrutado...
e só te posso dizer que não tenhas medo.
um beijo

e quanto á nossa sete essa palavra nunca a ouvi.
mas sei por acaso que no cazaquistão boa sorte é:
hodně štěstí!

Anónimo disse...

Estranho mundo, este, em que as pessoas se transformam em acepipes. Provar assim prova-o muito mais que quaisquer provas eventuais.
Bom apetite

DoceSussurro disse...

Huum..
Sugestivo... Mt sugestivo...

sem-se-ver disse...

:)

gerou-se a confusão natural disse...

Prova-o mas não te esqueças que, se for apetitoso, é-o enquanto for assim mesmo: degostar às vezes, furtivamente, e ´quando há pachorra. Isto porque quando o sítio para as pantufas for mesmo ao lado do teu sítio para as tuas pantufas, aí a fantasia desmorona-se e ele fica igualzinho ao que já tens a teu lado. É tudo uma questão de tempo e há que saber acompanhá-lo (ao tempo).

8 e coisa 9 e tal disse...

Maçã. Sabia a maçã, vermelha como a da Branca de Neve.

na prise és bestial disse...

Ou como a da Eva.

foi dançar a bossa nova disse...

Cara Prise,
A Oito não me parece muito preocupada com a expulsão do paraíso nem muito crente no princípe encantado.
Que tal levarmos o realismo até ao fim e ficarmos pelo maça vermelha do Oeste?

applat, diz a verificação

Micas disse...

"Maçã. Sabia a maçã, vermelha como a da Branca de Neve."

Ai! O que me tenho lembrado hoje desta resposta!!!! Tanta maçã envenenada por aí...