17 fevereiro 2007

O novo engate boçal

Abro o msn, tenho vários contactos conhecidos que me adicionaram e quase sem ver aceito toda a gente. Olho melhor e verifico que ali no meio está um caramelo que eu não sei quem é, ainda para mais com um erro de ortografia na frase de apresentação. Será um amigo meu? Fico intrigada.
Passado um bocado o rapaz fica online; decido falar com ele para descobrir quem é.
"conheço-te?"
"sim, do Hi5"
"desculpa?"
"sim, vi as tuas fotografias no hi5, gostei, adicionei-te. Assim podemos falar e conhecer-nos. Tenho um problema electrico cá em casa e esta coisa está sempre a cair, foda-se"
Hum, boa frase para me impressionar.
"olha, lamento, mas o meu msn é pessoal, uso apenas para falar com família e amigos, não adiciono pessoas que não conheço"
"mas podemos conhecer-nos melhor assim, podemos ficar amigos e quem sabe...."
"não deves ter percebido bem. Eu não converso com estranhos, não te conheço de parte alguma, não faço ideia quem sejas, e este msn é pessoal"
"sim, mas posso fazer parte dos teus amigos, é sempre bom conhecer pessoas novas"
Ele muda de fotografia. Está sentado numa poltrona de pernas abertas. O que tu queres sei eu.
Bloqueei-o. Exclui-o dos contactos. Haja santa paciência.

4 comentários:

o chofer a dançar com a criada disse...

heheheh. pelo menos os portugueses ainda conseguimos entender e nos explicam qualquer coisa. o pior é quando somos adicionadas por turcos e outros que da língua tuga nada pescam e o inglês falam como o tarzan. : "me friend, yes?"
o engraçado é a capacidade de sacarem os nossos mails que estão em portais que garantem a sua confidencialidade..como o hi5 e outros

nana disse...

podes crer! bela peça que te calhou, também, coitada....

manyfaces disse...

Esse gajo é uma vergonha. Alguém quer lá saber o que ele terá entre as pernas... Se calhar tem um qubra-nozes ou coisa que o valha...

8 e coisa 9 e tal disse...

o pior não é o que ele tem entre as pernas, é o que ele não tem na cabeça. Mas se gajos como este insistem neste tipo de comportamento é porque alguém lhes dá alento para isso.

Faz-me lembrar um tipo que se punha numa esquina de albufeira a perguntar às mulheres que passavam "queres foder?". Levou uns quantos pares de estalo, olhares indignados, mas ainda conseguiu uma pequena percentagem de quem se tenha interessado pela frontalidade.

Por mim que tentem o que quiserem, desde que não me entrem pela casa adentro. Incomodou-me a invasão da privacidade.