01 abril 2009

“o que é que eu sei? “

Queria escrever sobre aquilo que não sei me dizer. Sobre aquilo que com tanta facilidade e com tanta verdade digo aos outros e não me consigo dizer a mim própria.
É tão fácil dizermos coisas .....quantas vezes arranjamos grandes verdades só para os tranquilizar, só para não os ver sofrer, e às vezes (a maior parte das vezes), só para não os ouvir mais. E eu? O que é que eu sei? E a mim, o que é que me digo a mim? O que é que me pergunto? A quê tento me responder?
Cada vez menos sinto vontade de falar. Falar do que me vai dentro, do que me assombra a alma, do que me tira o sono, do que me faz medo de ter medo da loucura, do que me preocupa num dia e no outro já não, do que me faz chorar e não quero admitir, do que me faz falta, do que me faz sentir sozinha e do que me faz querer estar sozinha.
Cada vez menos sinto a vontade de falar, só pelo facto de saber que as respostas a maior parte das vezes estão dentro de mim.
Dou-me conta que é só saber o que realmente me quero perguntar. Até que ponto me quero confrontar. Até que ponto estou pronta para ouvir aquilo que me tenho para dizer. Até que ponto estou pronta para me ver nua ao espelho. Até que ponto tenho força para arrancar os meus dentes um a um.
E por tudo isto também, cada vez menos suporto que me perguntem coisas, que me peçam conselhos, que me perguntem o que devem fazer, que esperem que eu saiba coisas que a maior parte das vezes nem sei para mim própria.

E neste exacto momento pergunto-me “o que é que eu sei? “

Eu disse “O que é que isso interessa?”
Eu disse “ ...nada.”

4 comentários:

sete e picos disse...

o que é que eu sei? nada. o que é que eu sei?nada.

gerou-se a confusão natural disse...

Será que fui eu quem escreveu este post? É que tenho andado a pensar como o escrever e... bom, se calhar...

Lince disse...

Identifiquei-me muito com este post.

Cada vez mais, fico calada...

If you have nothing nice to say, say nothing at all...

Bjs
Lince

foi dançar a bossa nova disse...

sim, não interesa muito o que sabes. só interessa o que fazes com aquilo que sabes.