11 dezembro 2007

ataque de fúria

tenho sempre que guio em auto-estradas com três faixas, entupidas pelas centenas de anormais que ocupam a faixa do meio, entretidos a ultrapassar carros invisíveis.

Armo-me em grande educadora do automobilista português e descarrego a minha fúria em sinais de luzes, buzinadelas e sinalefas raivosas, seu ganda camelo vai mazé para a faixa da direita, caganda besta não sabe que se circula pela faixa da direita?

Mas o povo é sereno e sempre que regresso à auto-estrada dou por mim a espumar de fúria e a sonhar com o lexotanzinho que me trará de volta à normalidade.

4 comentários:

zamotanaiv disse...

Cabrões! Ursos! Levam com cada razia!

sete e picos disse...

o automobilista português deve sentir-se orgulhoso de ter em ti um exemplo vivo do civismo e da cordialidade no acto pedagógico de orientar as putas das ovelhas tresmalhadas que insistem em usar a faixa do meio.

Em vez do lexotan, recomenda-se também o sempre actual chá de tilia.

Zabelinha disse...

...e recomenda-se tambem cuidado. Já tive 1 anormal travar a fundo e parar por eu o tentar educar.

foi dançar a bossa nova disse...

hoje ia tão distraida a discorrer sobre quais são os animais domésticos e os selvagens com a passageira do banco de trás que, sem nenhuma intenção oculta, ia chocando com uma "garina" numa carrinha audi. Pedi logo desculpa mas ela foi tão mal educada e agressiva que - disfarçadamente - tive mesmo de a educar...