26 dezembro 2007

Nova filantropia

A generosidade humana é grande. A generosidade humana não se esgota nas campanhas contra a fome em angola, os órfãos de guerra no darfur ou as vítimas de desastres naturais no outro lado do mundo. A generosidade humana é tão transbordante que tem ainda tempo para se preocupar com jovens mulheres que vivem atormentadas com a sua aparência física. Neste sítio podemos comover-nos com a criação de comunidades virtuais onde moçoilas saudáveis lançam fotografias e textos arrebatadores que mostram bem as dificuldades terríveis por que passam devido à ausência de volume mamário. Através do contacto com mecenas virtuais, estas mulheres conseguem angariar o dinheiro que lhes dará uma nova vida, sob a forma de implantes arredondados. Tal como tantas outras acções filantrópicas, descobrimos aqui o impacto que o envolvimento nesta louvável campanha tem nas vidas das beneficiárias.
Digam lá se não vivemos num admirável mundo novo.

5 comentários:

Jonas disse...

Por princípio acho muito bem... mas tenho receio pela Lynn, o que fizeram aos olhos?

na prise és bestial disse...

há quem diga que ela foi raptada por extra-terrestres. Mas eu acho que é só inveja, agora que a rapariga recuperou a alegria de viver.

director disse...

ora até que enfim que há uma causa que nunca será perdida.

mas atenção... a operação pode ser tão, tão eficaz que até fez mudar de lado uma tatuagem (cf. a última) ... eisshhh.. que a medicina não conhece limites

no baile da d. ester disse...

coitadas. vou já sacar do meu visa. quais pobreza zero, quais aquecimento global, dolly parton para secretária geral da ONU já!

nnannarella disse...

Admiráveis seios novos. - Ainda haverá aquele género chamado de ficção científica ?