28 dezembro 2007

OST extemporânea*



* para este post.
Não sei porquê, só hoje ficou disponível a música que carreguei de propósito para este momento. Já não me lembro do que escrevi na altura para justificar tamanha ingerência. Provavelmente que me comovem os casos/histórias de amor.

Into my Arms in The boatman´s call, Nick Cave & The Bad Seeds.

8 comentários:

joão belo sem login disse...

comovem-nos a todos. a mim também me comoveu. com ou sem música disponível.

:)

foi dançar a bossa nova disse...

É linda. Acho que vou passar o dia a ouvi-la.

"And I believe in Love
And I know that you do too
And I believe in some kind of path
That we can walk down, me and you
So keep your candlew burning
And make her journey bright and pure
That she will keep returning
Always and evermore

Into my arms, O Lord
Into my arms, O Lord
Into my arms, O Lord
Into my arms"

8 e coisa 9 e tal disse...

é linda a música, pois é. e já sei o que tinha escrito antes. dizia assim:

"Dada a dimensão quase religiosa do post logo em baixo, decidi acrescentar-lhe uma banda sonora. À revelia da múltipla que postou. Mas, que fazer?, comovem-me os casos de amor. "

Ana disse...

A melhor de todas, sem dúvida. E perfeita para esse post...

-pirata-vermelho- disse...

O que é um OST? Ou uma...
(para não caír naquele vanguardismo de escrita de sílica do um/a ou, pior, do um@)

Neutralizemos;
o que é OST?

8 e coisa 9 e tal disse...

acrónimo em inglês de 'original sound track'.

ou: banda sonora (tiremos-lhe a questão do ser original, pirata)

-pirata-vermelho- disse...

Podia ter dito logo... banda sonora, simplesmente.

Ainda s'há-de arrrepender de s'autocolonizar, vai ver!

8 e coisa 9 e tal disse...

banda sonora extemporânea.
hum... não me soava como título p post.

'tá bem. s'eu m'arrepender de m'autocolonizar será o primeiro a saber (e já viu como tb já apanhei o tique dos apóstrofos? estarei 'piratizada' tb?)

um bom ano inteiro!