12 outubro 2007

I ain't 'fraid of no ghost(s) ?


“An invisible man is sleeping in your bed / who you gonna call? / Ghostbusters!!” E quando um fantasma passa a assombração, de assombração a companhia, de companhia a pessoa, de pessoa a homem, a um homem diferente daquele que vejo na minha cama? “Who I gonna call?

10 comentários:

Luiza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiza disse...

You call it off.

d. inês sequiosa disse...

ó 8 e coisa, manda aí os contactos da empresa ó faxavori.

aflito co'as mãos nos bolsos disse...

ó dona inês tirou-me as palavras da boca..

d. inês sequiosa disse...

desculpe lá a falta de jeito, aflito co'as mãos nos bolsos. Quere-as de volta?

Anónimo disse...

Eu pensei fazer um comentário...
Mas reli o post e...
A passagem de pessoa a homem é uma evolução ou uma regressão na hierarquia da evolução das espécies?...

foi dançar a bossa nova disse...

Isso é obra do demo! Chama já um exorcista!

contactos:
http://www.cot.org.br/igreja/entrevista-com-pe-gabriele-amorth.php

(a princípio estava a gozar, mas agora fiquei a pensar em algumas partes da entrevista)

ps: anónimo, parece-me ser uma evolução...

8 e coisa 9 e tal disse...

como call it off se no hay nada on?...

o chofer a dançar com a criada disse...

"you like potato, i like potahto..!

8 e coisa 9 e tal disse...

"tomato" sem "tomathos"? é bem visto