18 outubro 2007

Religiões

Estou em crer que quando uma pessoa compra o primeiro Mac está a entrar numa seita de onde não volta a sair. Todos os meus amigos que os têem cantam laudes à sua qualidade e superioridade, e tentam evangelizar os demais.

Leio na proteste de Outubro que 92.3% das pessoas que têm portáteis dessa marca recomendá-lo-iam (o condicional é, obviamente, uma graça) a outras pessoas; a marca que vem a seguir colhe apenas 52.9% de recomendações.

Um dia destes deixo-me ir, a ver a quanto sai a desobediência ao Bill todo poderoso.


Lucas Cranach, Adão e Eva, 1526

5 comentários:

dizia ela baixinho disse...

um dia desses tb me deixo ir e trinco essa maçã.

entretanto, pode-se ir desobedecendo ao all-mighty bill: é descarregar o openoffice, por exemplo. e trabalhar em linux, pois está claro.

zamotanaiv disse...

Só fui atraz do Bill pelo seu lindo Autocad, comprei um widescreen, ou será hp? é uma das marcas que aqui está

Anónimo disse...

religiões são o ópio do povo, já dizia quem sabia.

o melhor computador/aplicações são as que fazem o que eu quero e com o menor custo de tempo, esforço e dinheiro.

o resto são balelas, posts e comentários.

se a sua fonte de informação são a proteste e os amigos... olhe.. tem o que merece.

couldn't care less

8 e coisa 9 e tal disse...

cared enough to write a comment. Coma qualquer coisa, pode ser fraqueza.

nerd disse...

é de facto difícil de deixar o mac porque tem o melhor dos dois mundos, um sistema estável, sem problemas e uma interface gráfica do melhor que há.

o senão é o custo. (mas vale a pena)

já experimentei linux, windows e mac...por ordem cronológica inversa, e é bem verdade que não há amor como o primeiro.

não deixa de ser verdade que o melhor sistema que conheci foi o CP/M, com compilador Pascal e processador de texto WordStar (ctrl K S).. tudo numa diskette de 180 kb (8").. ou ainda uma maquineta com um Z80, interpretador BASIC e 16 kb re RAM.. que me deu para fazer cálculo de deformadas em veios de inércia variável...

mas se lá estivesse ficado, hoje não faria muito.

por isso, procure muito, experimente muito...

"há 10 tipos de pessoas no mundo, as que entendem binário e as que não"