12 janeiro 2007

Baptismo no mundo do sado-masoquismo

Não, não comprei um chicote e uma chibata. Nem um fato completo de latex. Muito menos um espartilho de rendas.
Desde ontem à noite sou a nova administradora do meu condomínio. E ainda para mais porque me ofereci para o cargo - há obras que me dizem respeito e que quero ver feitas ainda este ano, esta foi a única maneira de me assegurar que isso vai acontecer.
Alguma coisa me diz que me vou arrepender amargamente.

4 comentários:

patsp disse...

ahahah! Sim, se há garantia de alguma coisa neste mundo é a de que "administração de condomínio" X "obras" = "tirem-me deste filme!". Boa sorte!

marta disse...

Vê lá se vais pagar as tuas mais as dos outros todos.
Estou a exagerar, pagas p'raí 60% do total. Já vais com sorte.

8 e coisa 9 e tal disse...

Eu não vou pagar nada, fiz com que fosse aprovado em acta um montante que chega e sobra para o que é preciso fazer durante a vigência da minha administração. Uso o guito de todos, que se entrasse com o meu nunca mais o via.

As reuniões de condominio são uma maravilhosa experiência sociológica; as pequenas guerras entre vizinhos por causa da antena parabólica na janela ou dos sacos do lixo mal postos dão-me sempre a sensação de estar numa assembleia das nações unidas dos pequeninos.

sem-se-ver disse...

ahahahahhah.

mesmo! ahahahhahaha (post e seu comentário)