30 janeiro 2007

Irritacioneiro Popular Materno

·Tás aqui tás ali!

·Ainda vais mas é corrida a toque de caixa.

·Come! Senão ainda comes é comida de urso!

·Aiiii a piscorência, vê lá se queres levar uma galheta!

·Olhó pingente! Estás mesmo a pedir uma lamparina.


Etc, etc, etc. Agora chama-se mau trato, na nossa infância era comer e calar.

Ainda bem que os tempos mudam!

6 comentários:

na prise és bestial disse...

Confesso que a que mais me irritava era "perdeste uma boa oportunidade para estares calada", dita com um ar de impaciência cansada.

dizia ela baixinho disse...

a minha mãe quando se aborrecia cmg chamava-me pelos meus dois nomes próprios o que me irritava sobremaneira...

grrrr...

no baile da d. ester disse...

Pois a minha como não tinha segundo nome para usar acrescentava um Maria antes, o que me dava para responder com ar pespineta "essa não sou eu". Claro que depois ouvia a dobrar.

Pais e filhos, esse maravilhoso mundo de ambivalências - agora detesto-te e quero que desapareças da minha frente, agora adoro-te e não sei viver sem ti.

@ disse...

a minha:
"-És uma zanguleira!!Sempre a correr o cão!"

(tradução agradece-se)

no baile da d. ester disse...

Pontos criatividade para a mãe da ana!
Quanto à tradução, acho que é trabalho para o manyfaces, especialista em aconselhamento de teses e envio de piropos, pode ser que lhe dê também para o linguajar materno. Ou o nerd, que anda tão caladinho...

Isabela disse...

A minha mãe sempre teve outro método. Primeiro dava-me, depois é que dizia "toma lá que já apanhaste". Claro que isto havia de ter consequências no meu futuro, e dei no que dei.