24 setembro 2007

Distracção II


Paradas no trânsito, eu e a minha mãe. Depois de um dia de praia. O cansaço impera. Depois de quase uma hora de espera entaladas na fila, já conseguimos ver o cruzamento para entrarmos na estrada principal. Temos que nos enfiar na outra fila de trânsito, esperando que alguma alma caridosa nos deixe entrar, para seguirmos para a esquerda em direcção a casa. Estou à espera que a minha mãe faça exactamente isso, quando já quase a sentir os olhos a fechar de sono, viramos para a direita.
"mãe..."
"diz filha..."
O meu ar é incrédulo. Olho até ao horizonte e a fila de trânsito não termina, desaparece atrás de um monte.
"para onde é que tás a ir..?"
"para onde é que tou a ir? atão, para o fim da fila...."

5 comentários:

perante o riso geral disse...

Vá lá, vá lá, vá lá!

Anónimo disse...

quem sai aos seus...

8 e coisa 9 e tal disse...

não é de genebra?

anita catársica disse...

eu conheço essa fila

É O MECO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

[A] disse...

oh! não acredito!!!!rs.... JURA!