06 setembro 2007

Nessun Dorma


É impossível ficar indiferente a esta notícia. Hoje calou-se uma das vozes mais poderosas do bel-canto. Luciano Pavarotti popularizou um género musical considerado elitista e espalhou a sua voz pelos quatro cantos do mundo, cantando com tantos outros cantores, aproximando gerações e estilos musicais.

Em baixo, a sua interpretação da área Nessun Dorma (Turandot, Puccini).


3 comentários:

Ruiva disse...

E o Mundo teima em ficar mais pobre!
Outr@s dirão que é o ciclo da vida...

no baile da d. ester disse...

All'alba vincero'! vincero', vincero'!

Ruiva, claro que é o ciclo da vida, inevitável. Princesas partem, princesas chegam. A imortalidade é conseguida através da obra, nunca com a biologia.

sete e picos disse...

e ainda bem que ele existiu e nos deixou tao boa obra!! paz "a sua alma!