06 setembro 2007

Gäldenär, det kommer alltid tillbaka*

Este post é dedicado ao nosso leitor sueco, que nos tem sido diariamente fiel. Graças a ele/a descobri várias coisas interessantes sobre a Suécia: é o terceiro país com mais nóbeis da literatura, a última guerra em que se meteram foi a Campanha contra a Noruega em 1814, é o país da OCDE em que mais se registam faltas ao trabalho por licenças médicas (1/5 da população), os finlandeses são a maior das minorias e não têm língua oficial.

Gostava de pensar que é o pai natal, a controlar-nos da Lapónia, para nos mandar grandes presentes em Dezembro (se és tu, não te assustes com os pombos nem te acanhes com o exaustor, atira pela janela que eu não me importo). Ou então o cozinheiro dos marretas, a verificar que a minha relação com a gastronomia é semelhante à sua com a linguística. Desde que não seja o Bengt Ekerot à nossa espera lá do outro lado, está tudo bem.


* pedimos desculpa pelos erros na tradução, imputáveis à única página online disponível para a conversão português/sueco que encontrámos

19 comentários:

dizia ela baixinho disse...

e o que quer dizer a frase do título?

8 e coisa 9 e tal disse...

se fosses o/a leitor/a sueco saberias. é suposto ser uma coisa simpática, espero que o tradutor automático não me tenha feito brincadeirinha...

foi dançar a bossa nova disse...

E já fiquei a saber que a Lapónia abrange a Noruega, Suécia, Finlândia e Russia. Achava que o velho de natal (Pai só tenho dois, o meu e O de Todos) só tinha sotaque finlandês. Já agora, diz lá a coisa simpática do título.

8 e coisa 9 e tal disse...

estava com esperança que o sueco se acusasse, mas está visto que vou ter de deixar um trilho de bolachas de gengibre.

o título diz "obrigado, volte sempre". Pelo menos era essa a minha intenção, se o tradutor automático o decidiu mandar passear macacos para o círculo polar ártico é que é mais chato.

(essa do O de todos faz-me lembrar a lenga lenga do dedo mindinho, seu vizinho, pai de todos, fura bolos, mata pulgas e piolhos)

FLIP FLOP & FLY disse...

Please allow me to introduce myself I´m a man of wealth and taste I´ve been around for a long, long year Stole many men soul and faith And I was round when jesus christ Had his moment of doubt and pain Made damn sure that pilate Washed his hands and sealed his fate I´m pleased to meet you Hope you guess my name

... Bengt Ekerot

8 e coisa 9 e tal disse...

flip flop alexandre, vira para lá essa foice ó faxavori. raio do miúdo.

[A] disse...

:))))os suecos são giruuuus!

Ruiva disse...

E eu que não me teria importado nadinha, mas nadinha mesmo, de ter nascido, na Suécia, ou na Filândia, ou na Noruega, sei lá!...
Na Dinamarca também tinha sido giro, mas aí só teria fiordes e não me podia gabar de ter um bocadinho da Laponia...

dorean paxorales disse...

A Ruiva deve ser novinha.
Para outros é sabido que antes de 1976 não seria muito boa idéia nascer na Suécia sem poder provar ascendência pura.

Ruiva disse...

Pois, ora é verdade, dorean.
É que em 76 eu ainda não tinha nascido mesmo. Para mim a vida conta-se por antes de ruiva (1979, mais precisamente 13 de Junho)e depois do nascimento de ruiva...

Mas convém dizer ainda que por muitos anos a ruiva foi simplesmente "morena" de pele extremamente clara! ;D

Rita Maria disse...

Meu Deus, o que eu procurei um conversor de sueco...agora é que eu estou feliz...

8 e coisa 9 e tal disse...

Rita Maria, somos umas bacanas.

Ruiva, escandinava para quê? Escolher por escolher, mais valia ser golfinho.

Estou tristíssima por não ter conseguido arrancar um comentário ao leitor sueco. Vou preparar o trilho de bolachas de gengibre, enquanto seco as minhas lágrimas.

Anónimo disse...

Parabens pelo espaço que aqui criaram. Bem mais quentinho que qualquer peninsula escandinava...
As bolachas de genibre estavam optimas :)

Anónimo disse...

Parabens pelo espaço que aqui criaram. Bem mais quentinho que qualquer peninsula escandinava...
As bolachas de genibre estavam optimas :)

8 e coisa 9 e tal disse...

Não pude conter a onda de comoção que me causou este comentário. Leitor/a sueco/a may I presume? Já agora, diga lá se a frase do título está correcta ou se ando a ofender algumas famílias escandinavas. Quer um cházinho com as bolachas?

Rocha, S. R. disse...

Sorry,
Mas "obrigado" em sueco é "Tack Sjalv"...

8 e coisa 9 e tal disse...

obrigado pela correcção, como deve ter lido eu não sei uma palavra de sueco (a não ser as dos móveis do Ikea). Já agora, sabe se a frase completa tem o sentido que lhe quis dar?

Rocha, S. R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rocha, S. R. disse...

O que você escreveu, foi:
"Devedor, vem sempre volta"

Pra dizer "Obrigado(a), volte sempre" o melhor é "Tack, du kan altid komme igen" ou "Tack, altid komme igen"!
:)

Hej då!