25 fevereiro 2008


Até onde és capaz de ir para me encontrares?

6 comentários:

dizia ela baixinho disse...

até ao fim do mundo.

Anónimo disse...

Dependia só da distância a que estivesses. Quando olhasses, lá estava eu.

manyfaces disse...

Hoje em Munique não te encontrei. Avião das 18:30. Apanhei o S-bahn até Haupbanhof. Na estação quase vazia sentei-me num banco em frente à linha 2. Há 10 anos separámo-nos aqui. Eu segui para Lisboa, tu foste para Itália. 10 anos. Quem sabe se bastava ter ido contigo. Se fosse hoje iria longe para te encontrar.
Quê?.. Ficam sempre bem frases destas em frente aos comboios, não é ?... A verdade é que ela foi bem longe... para fugir de ti. Acaba lá a sandes manhosa de salmão e andor para Schillerstrasse ver umas belas mamocas.

zamotanaiv disse...

Saio pela porta.

aflito co'as mãos nos bolsos disse...

a minha questão é mais: até onde sou capaz de ir para me encontrar?

nove e tal disse...

foto do caraças, querida múltipla.
mas há que referir que por ti foi tirada.

a césar o que é de césar.

:)