29 dezembro 2006

O meu melhor amigo

O meu melhor amigo está sempre disponível nas noites de inverno, vai para a cama comigo, nunca se nega, aquece-me os pés, o rabo, a barriga, o peito e nalguns dias até a alma. Posso vesti-lo com várias roupinhas como antes fazia com as minhas bonecas, posso despi-lo e fica núzinho mas sempre quentinho, está sempre ali, à espera que o agarre, que o abrace, que o aperte junto ao peito. Qualquer das maravilhas do mundo é irrelevante ao seu lado, senhoras e senhores, meninos e meninas, manuéis e joaquinas, apresento-vos o meu melhor amigo nestas frias noites de inverno:

O saco de água quente

2 comentários:

O Meu Outro Eu Está a Dançar disse...

não durmo sem a minha botija!!
pés frios coração quente:)

tumtum disse...

Ai as delícias do saco de água quente... o que eu gramo disso!!!
Viva a pandilha da botija! Viva!!