05 maio 2008

A propósito da Arte

Roubado ao Humor Antigo, que tem coisas verdadeiramente deliciosas.

2 comentários:

manyfaces disse...

A minha filha de 3 anos foi a uma visita guiada ao centro de arte Moderna da Gulbenkian. Parece que a exposição estava preparada para crianças de tenra idade. Estas eram metidas numa banheira e empurradas exposição fora. A banheira parava quando alguma delas demonstrava interesse por algum quadro. No fim da primeira ronda de banheira pelo Museu nenhum dos miudos mostrou qualquer interesse pelos quadros. O guia falou com a Educadora e a conclusão foi: o problema é da banheira.
Apearam os miudos todos da banheira e lá forma eles de mão dada pelo Museu fora para mais uma ronda... Parece que ainda assim eles só falavam na banheira e interesse pelos quadros...nicles... Até que lá os pararam e sentaram em frente a um dos quadros e lhes começaram a fazer perguntas. O interesse continuava a ser pouco. Até que uma menina se levantou e apontando para o quadro disse: "môca, môca". A guia tentou puxar mais umas palavras, olhou para a educadora, que encolheu os ombros, enquanto a menina continuava a dizer "môca". A guia pegou-a pela mão, levou-a ao pé do quadro e perguntou-lhe para onde estava ela a apontar.
A menina mandou uma palmada no quadro e... a mosca fugiu.
Foi tudo evacuado a toque de alarme...
A arte consegue falhar de uma forma miserável...

8 e coisa 9 e tal disse...

Muito bom!

E, no meio de tudo isso, sinto-me como os miúdos: uma banheira?!...