13 janeiro 2008

Acentuado arrefecimento nocturno

O meu problema com o inverno é a pequenez dos dias.
O acentuado arrefecimento nocturno começa por me adormecer as pontas dos dedos às cinco e meia da tarde.
Pelas sete, já não sinto metade do corpo. Uns dias é a parte esquerda, noutros é o tronco e a cabeça que deixam de fazer parte de mim, metade mulher metade cubo de gelo.
Quem me dera viver num país onde é sempre verão.

8 comentários:

Micas disse...

Casa climatizada, pantufas quentinhas, camisola de lã confotavel e macia e uma manta de viagem sempre a postos no sofá, também ajudam! Já falta pouco... :-)

Micas disse...

ui! "confortável", é claro...

na prise és bestial disse...

o problema é quando o frio não vem só de fora.

Ana disse...

Esse é o pior frio!

o chofer a dançar com a criada disse...

vê lá se conseguias alguma vez dizer isso se não vivesses num sítio onde nem sempre é verão...

-pirata-vermelho- disse...

A metade cubo d'gelo fascina-me...
ond'é que nos podemos encontrar?

8 e coisa 9 e tal disse...

caro pirata, dar-lhe-ei as coordenadas para o encontro quando perceber em que sítio estou.

dorean paxorales disse...

Para quando uma ASAE a fiscalizar os imóveis no mercado?