29 janeiro 2008

Nova Carta de Direitos Humanos (III)

Artigo 3º – O direito de tirar o cu

Toda e qualquer pessoa tem direito de tirar o cu de uma situação na qual já não se sente confortável, sem ter que se sentir culpada perante o mundo.

5 comentários:

nove e tal disse...

???

eu li, tresli ou não entendi?
melhor ainda: ponho a culpa na tradução.

o que é 'sacar o cu'?
isto não existe, cu é feio. e em existindo alguma expressão idiomática parecida seria 'livrar-se de boa' (apesar de esta não ser muito 'boa' tb).

tudo isto quer dizer que não percebi nada do q para aqui se falava.

logo agora que queria ser uma bacana, como apregoavam alguns posts em baixo...

no baile da d. ester disse...

o meu problema não é com o cu, vem-me logo à mente uns quantos especimens mais que perfeitos, é mais com o verbo sacar. Sacar de saque ou sacar de ver-se livre dele, eu gosto do meu e íntegro. O jeitão que me dá e a falta que me faria...

8 e coisa 9 e tal disse...

minhas queridas:

cu não só existe como não é feio evem no dicionário.

sacar sim concordo que pode ter sido mal utilizado, pois quer dizer tirar à força.

Obviamente a expressão não quer dizer tirar o dito cu, mas tirá-lo de situações desagradáveis em que não nos sentimos confortáveis, got it?

sem-se-ver disse...

amei!

JPN disse...

subscrevo, eheheheh....