31 julho 2008

Muda-se o ser, muda-se a confiança

No outro dia disse-lhe que não se devia pôr as mãos no fogo por ninguém, nem mesmo por nós próprias. "Não, eu por mim ponho", afirmou peremptória. Dois dias depois entrou nas urgências com uma queimadura de 3º grau.

1 comentário:

sete e picos disse...

lá está, pela boca se queima o peixe.