11 julho 2008

o céu é o limite

(...)
- E achas que a água vai estar mesmo morna para nadares?
- Sim! Olha, eu tenho umas braçadeiras.
- E para que queres tu as braçadeiras?
- Para nadar.
- Mas... Já sabes fazer de morto?
- Hummm...
- E nadar de costas? E mergulhos de cabeça? Sabes?
- Acho que consigo fazer o pino no chão do mar.
- Isso é bom. Mas giro, giro era se tivesses uma prancha de bodyboard, apanhávamos umas ondas, fazíamos carreirinhas... O mar era NOSSO!
- Mas eu não posso fazer isso sozinho!
- Vais comigo. Comigo consegues fazer TUDO!
(silêncio)
- Ai é? Então quando deres um salto e conseguires tocar com a cabeça nas nuvens depois diz-me como foi.

(Conversa com o meu sobrinho de 5 anos, hoje)

2 comentários:

O seu tio do Algarve disse...

Olá! Encontrei o seu/vosso blog, por recomendação...De salto em salto...
Acho que hoje tenho cinco anos, ou apetece-me ter essa idade e saltar!

8 e coisa 9 e tal disse...

bem-vindo, o seu tio do algarve.

espero q goste de passar por aqui.

:)