31 julho 2008

Eu devo ter um íman

Uma das minhas alunas é minha vizinha. Não é uma vizinha qualquer, vive no andar mesmo abaixo do meu e dorme no quarto cujo tecto é o meu chão.


As probabilidades disto me ter acontecido estão de tal forma contra mim que no dia em que a vi entre a assistência na minha aula teórica pensei jogar no euromilhões, lotaria, totobola e bingo do belenenses. Foi um desperdício não o ter feito, teria com certeza ganho uma bela maquia.


No primeiro semestre consegui despachá-la com facilidade, com uma nota mediana. Neste segundo é que já me está a dar problemas. Chumbou na primeira época e a segunda também não está famosa. Dado que não é trabalhadora estudante e não tem mais hipóteses de passar, estou perante um dilema.


- Passo-a, mesmo tendo de fechar os olhos à minha honestidade e integridade, para que não tenha de me lembrar dela todas as vezes que faço amor e a cama geme?

- Chumbo-a, para ver de que massa ela é feita e se me vem com as 4 irmãs, pai, mãe, cão, dois gatos e três periquitos pedir meças e queixar de infiltrações na casa de banho?

- Deixo de fazer amor em minha casa, ou passo a usar para o efeito o vão das escadas para que deixem de perceber de que lado vem o barulho, A-ha!

- Convenço-a a mudar de curso, faculdade, universidade, com promessas de glórias eternamente mais interessantes que aqui, e ela ala para trás os montes e alto douro (se tivesse jogado na lotaria podia-lhe pagar para o fazer, que rapariga pouco previdente fui)

- Passo-lhes as minhas infestações de bichos, a ver se toda a família se muda para outro lado


Ou mudo de casa?



(continua, continua sempre)

6 comentários:

sete e picos disse...

podia sempre ser pior, imagina que ela era uma fiel leitora anónima do oitoecoisa?

ténéu néu néu néééuuuu...
hiiiiimmmmm

(música de suspense em versão contemporanea)

sete e picos disse...

olha, uma sugestão, e um labelzinho à maneira para estas postas das peripécias da tua casa?

na prise és bestial disse...

A série da casa já merecia um label. Ou então talvez não, tanta desgraça e humor juntos devem pagar imposto.
Eu voto na desonestidade: passa-a. Ou então na opção usar o vão das escadas, ou mesmo a porta dela, para os teus devaneios sexuais.

sete e picos disse...

usar a porta dela também me parece uma boa hipótese :)

sete e picos disse...

e pelo sim pelo não, podias jogar no euromilhões, utilizando combinações com o número do teu prédio, o da tua casa e o da casa dela...

perante o riso geral disse...

O meu voto: passa-a E começa a fazer amor na cama e sexo nas escadas.