30 julho 2008

Observações I

A vida é uma puta sádica!
Digo isto com uma ponta de masoquismo premente ou de curiosidade mórbida.
Mas a vida é uma puta sádica!

Depois tu chegas e dizes-me que eu não passo de uma tola descrente.
Talvez sejas uma puta sádica tu também!

2 comentários:

no baile da d. ester disse...

Podes passar a levar-me a almoçar contigo? O que quer que seja que te dão à sobremesa deve ser do baril. E isso da puta sádica, sendo tu masoquista, é um elogio do catano.

dizia ela baixinho disse...

pois. realmente.